07/Novembro/2017 – “De Porvenir até Punta Arenas – CL”

Publicado em Publicado em Diário de bordo

Acordamos cedo no dia seguinte e seguimos para uma volta pela cidade e um passeio pelo entorno e conhecemos alguns pontos turísticos como o Farol histórico (inaugurado em 1928) e um pouco da História de Porvenir, que em 21 de Outubro de 1520, o Navegador Hernando de Magalhães encontrou este caminho interoceânico, ligando o Oceano Atlântico ao Oceano Pacífico e consequentemente descobrindo o Chile pelo extremo Sul.

Depois de alguma fotos e com o Ferryboat ancorado, seguimos os procedimentos de embarque, fizemos uma tranquila e bonita viajem até Punta Arenas.

Chegamos à Punta Arenas e seguimos para a região da Zona Franca, para estacionar e pernoitar.

Mais uma vez constatamos que em grandes centros ou cidades de maior porte, a dificuldade de estacionar o artniC aumenta um pouco. Dificuldades na altura, nas manobras em pequenos espaços, vagas apenas para carros pequenos, etc.

Sem stress, seguimos para a Zona Franca, com o propósito de realizar câmbio e obter alguns Pesos Chilenos, pois não tomamos esta providência com a devida antecedência, mas também não foi nenhum problema, até porque nesta região é possível pagar quase tudo com Pesos Argentinos, Chilenos e Dólar Americano. Desde pedágios, entradas em Parques, e alguns postos de combustíveis e inúmeras lojas, inclusive o pagamento do seguro obrigatório para circular com veículos no Chile.

Assim que acessamos o estacionamento da Zona Franca encontramos um casal de Alemães em um Unimog (trata-se de um caminhão Mercedes Benz 4×4 tradicional pela versatilidade e robustez, utilizado por diversos exércitos na Europa e também como veículos de serviços como corpo de bombeiros e outros – uma lenda em veículos semi pesados 4×4). Ficamos por uns bom momentos conversando e trocando informações. Grandes encontros inesperados…

Depois da boa conversa, seguimos para o objetivo principal, realizar a troca de moedas. Foi simples, na primeira galeria do Shoping encontramos uma loja de câmbio oficial e tudo certo. Agora é só encontrar o local para estacionarmos.

Seguimos conforme as indicações e não tivemos sucesso, devido as dimensões do artniC. Buscamos alternativas e paramos em um posto de combustíveis da rede COPEC, conversamos, abastecemos e nos permitiram estacionar para pernoitar.

No dia seguinte verificamos dois Motorhomes (Campers) ao nosso lado, que também pernoitaram ali. Agora, temos novas informações para outros viajantes. Tudo já registrado no app iOverlander.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *