10/Dezembro/2018 “De Nuevo Cañete/Rancho Grande até Lima/PE”

Publicado em Publicado em Diário de bordo

Permanecemos por três dias em Rancho Grande que trata-se de um Restaurante de uma Família de Colombianos com uma grande área cercada nos fundos do restaurante que termina um uma falésia com uma vista muito bonita para o mar. Este já é um tradicional local de parada de Overlanders e com muito potencial para se transformar em um excelente RV Park, esta é proposta e parece que terão sucesso, mas precisam ser mais profissionais. Estamos torcendo por isso…

Aproveitamos esta parada para substituir a lâmpada queimada do farol esquerdo (onde é necessário basculhar a cabine aumentando em muito a tarefa de uma simples troca de lâmpada de um farol de automóvel), abastecer o tanque principal com Arla (no Peru não encontramos este aditivo para comprar e no Equador tudo indica que também não encontraremos mas a nossa reserva “DEVE” ser suficiente), lavar roupas e outras tarefas domésticas…Aqui vale uma observação à parte. Após a nossa segunda lavagem de roupas colocamos as mesmas para secar ao sol, mas no final da tarde tivemos uma desagradável surpresa, pois face ao intenso vento todas as roupas ficaram completamente cobertas por uma fina camada de areia/barro que nos obrigou a recolher as mesmas e separar para uma nova lavagem, certamente em uma próxima parada…

Quando temos acesso a WiFi, a velocidade é muito lenta e na maioria das vezes não conseguimos fazer ligações telefônicas com transmissão de vídeo, com qualquer dos app disponíveis. Até mesmo para inserir fotos em app tal como Instagram, é muito demorado e são poucos os locais com Internet disponível. Mesmo os Campings que anunciam ter internet disponível, essas raramente funcionam e nem mesmo os Postos de Combustíveis disponibilizam suas redes wifi.

No trajeto para Lima passamos para conhecer a praia em Serro Azul, onde tínhamos a indicação de um antigo conhecido que estava por lá. Fomos, gostamos e anotamos para uma possível futura estadia.

Chegamos à Lima, no final da tarde, depois de um enorme exercício de paciência devido ao trânsito mais do que caótico da cidade de Lima. Conseguimos chegar ao Hostel/Camping identificado através do app iOverlander, que por segurança havíamos reservado com antecedência por ser muito reduzido o espaço para Overlanders. À princípio, tudo certo mas para nossa surpresa, neste local não era possível fazer o descarte de efluentes, Nem mesmo os resíduos de água do banho e da lavagem de louças. Conclusão, a ideia original era ficar neste local até pelo menos dia 28/dez/2018, mas com esta limitação, fomos desencorajados e fomos buscar alternativas. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *