17/Dezembro/2017 – “De Cerro Castillo até Coyhaique – CL”

Publicado em Publicado em Diário de bordo

Conforme dito, chegamos sem dificuldades no Camping em Cerro Castillo, mas resolvemos abreviar nossa passagem por este local devido ao regime de cobrança de tarifa. Neste Camping existe uma sobre taxa para o uso de energia elétrica, sendo o valor cobrado equivalente à uma diária para se manter conectado com a energia elétrica do Camping. Julgamos exagerado o valor e pemanecemos sem utilizar a energia elétrica do Camping (indiferente para nós, mas se estiver disponível aumenta nosso conforto e economizamos gás).

Seguimos mais uma vez rumo ao Norte, agora com previsão de parada em Coyhaique, já com três alternativas mapeadas.

Todo o percurso desta vez já se encontra asfaltado, mas a quantidade de curvas e a topografia nos fez seguir bem lento.

Chegamos à nossa primeira indicação de parada já com uma grande surpresa. A rua de acesso ao Camping não era possível seguir com o artniC face à uma ponte com limitação de altura para nós, porém só descobrimos isso já na rua de acesso, bem no inicío, quando fomos alertado por uma motorista que circulava em sentido contrário ao nosso. O resultado foi voltar em marcha-a-ré aproximadamente 300 m, já que na rua não havia espaço para manobrar.

Seguimos para a segunda opção, que foi difícil de encontrar pois as coordenadas de referência, foram registradas de forma equivocada, mas encontramos o local, porém abandonado, sem chance de receber ninguém. Desta vez fizemos um retorno não muito fácil e seguimos para a Terceira opção que já era na saída Norte da cidade.

Encontramos o local e sem a menor chance de acesso para o artniC, limitação de altura, largura e sem área para fazer o retorno e voltar em marcha-a-ré totalmente descartado.

Foi novo exercício de paciência para nós, sendo que mais uma vez pudemos verificar a dificuldade de obter informações completas para os diversos perfis de viajantes (overlanders).

Esta tem sido uma grande preocupação nossa ao alimentarmos os aplicativos que utilizamos em especial, o app iOverlander que parece ser o mais utilizado pelo que temos observado. Temos tido a preocupacão de além de registrar os dados tabulados (obrigatórios) no app, de sempre inserimos detalhes e muitas fotos, lembrando sempre das frase “uma imagem vale mais do que mil palavras” e “nem sempre o que é importante ou valioso para nós tem a mesma importância ou valor para outros.

Paramos respiramos consultamos nossas anotações e seguimos em frente, agora com nova opção à cerca de 40Km após a cidade de Coyahique, no trajeto encontramos mais algumas oportunidades para estacionar, mas preferimos seguir para a próxima opção identificada que pela informações disponíveis parecia ser adequada para a nossa ansiedade naquele momento.

Até que foi fácil de identificar o local “Camping Torres del Simpson”e de fato as informações disponíveis estavam de acordo com o que encontramos e foi por aqui que decidimos ficar por uns dias…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *