21/Dezembro/2018 “ De San Bartolomé de volta à Lima/PE”

Publicado em Publicado em Diário de bordo

Dia de retornar à Lima/PE para o mesmo local de onde saímos. Agora já preparados psicologicamente quanto logisticamente, para as limitações do local. Tanques de efluentes completamente vazios e psicologicamente preparados para usar as facilidades de ducha e lavagem de louças do estabelecimento. 

O principal propósito do retorno à Lima foi o nosso planejamento de receber a visita de um dos filhos para passar o Natal conosco. 

O retorno à Lima não foi nem um pouco diferente da nossa saída, principalmente pelas restrições de transitar com o artniC nas principais vias de Lima além dos vários pontos de obras viárias onde o GPS fica buscando alternativas a cada desvio de trânsito. 

Chegamos a consumir 2 h (duas horas) para percorrer 8 Km (oito). No final da viagem tudo terminou bem, até mesmo o acesso ao Hostal/RV Park que é uma aventura à parte ter que acessar em marcha à ré interrompendo totalmente uma via de grande movimento, onde os motoristas Peruanos não aceitam sob nenhuma hipótese ceder espaço para qualquer outro veículo. Mas no final tudo deu certo…

Como nem tudo é perfeito, tivemos uma pane elétrica que quase nos levou à nocaute. Sem nenhum aviso prévio ficamos sem energia. A única fonte disponível era 24 Volts, diretamente das baterias. Nada mais funcionava, mesmo com acesso a energia externa, nem ligando gerador conseguíamos ter energia no painel elétrico. Depois muito desmontar, testar, ligar e desligar quase tudo, resolvemos retirar o inversor e desmontar para tentar identificar algum dano interno pois identificamos que havia energia até este aparelho. Após muita torcida, conseguimos identificar que existia um fusível dentro do Inversor e que havia queimado e o respectivo porta fusível totalmente derretido. Isso tudo ocorreu no sábado dia 22/dez no final da tarde e para variar, verificamos que temos, sem nenhum exagero, mais de treze diferentes fusíveis e nenhum deles era adequado a nossa necessidade. A solução foi buscar algum local onde fosse possível conseguir um fusível e o respectivo porta fusível. A solução até que não tardou. Identificamos um casal de Colombianos que estavam em duas motos e que uma delas estava exatamente aguardando o reparo elétrico e estava marcado para a retirada da peça na auto elétrica às 17h. Assim ficou fácil. Por volta das 18h chegou o nosso fusível e respectivo porta fusível, que mesmo sendo de tamanho diferente, conseguimos adaptar e a energia retornou como “mágica”… 

Este foi um belo presente de Natal que recebemos dos nossos novos amigos Colombianos (Instagram: @juandemotos)

Aproveitamos bem nossa estadia em Lima, passeamos bastante, sempre à pé, pelas redondezas em vários pontos turísticos. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *